quarta-feira, 6 de julho de 2016

Aprender brincando

Aprender brincando é mais divertido para toda criança.  Por isso, a Fundação Dorina Nowill para Cegos desenvolveu o Braille Brinks: peças ao estilo do brinquedo Lego adaptadas para corresponderem a cada letra do alfabeto, ajudando no aprendizado de crianças que não enxergam ou com baixa visão.  Aí, montar e descobrir as letras vira brincadeira.  "Nas escolas existem as máquinas de escrever que perfuram o papel. Com as pecinhas é diferente.  Se eu errei, tiro uma e coloco outra no lugar", observa Arthur Sacek, especialista em desing de Lego e que trabalhou no projeto.  Hoje o Braille Briks já ajuda 300 crianças em várias instituições e a proposta da Fundação é influenciar fabricantes de diversos países a produzir o acessório.
Quem quiser participar da campanha e incentivar a adoção em mais países, pode usar a # Braille BricksForAll nas redes sociais.  Um exemplo sensível de como é possível transformar a relação das crianças com o aprendizado de forma lúdica, para além de qualquer limitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário